7 Dicas Para Perder Peso Depois Da Gravidez

Uma preocupação que costuma rondar a mente de muitas mães, é como perder o peso que se acumulou em seus corpos durante os meses da gravidez.


Mais ainda, depois que o bebê chega em casa, a reorganização da rotina diária se torna fundamental para voltar a atividade física e não cair na tentação de andar bisbilhotando na geladeira para acalmar a ansiedade.


Se este é o seu caso, aqui eu tenho alguns excelentes conselhos.


1.- Se levantar e se Mover


Se bem, é verdade que muitas mulheres não dormem bem, estão esgotadas e não estão preparadas para fazer exercício, até cerca de seis semanas depois do parto, pode começar a dar umas voltas ao redor da quadra ou uma praça próxima (apenas se não tiver sangramento ou desconforto). Uma vez passado o teste de seis semanas, você poderá fazer cardio de 20 a 30 minutos, de 3 a 5 vezes por semana.


O objetivo é entrar de novo em movimento, já que, com o simples fato de empurrar o carrinho de criança de 1,5-3 km em 30 minutos, ou subir e descer escadas cerca de 15 minutos, queimadas cerca de 150 calorias. Você também pode tentar alguns exercícios de reabilitação abdominal. E no caso de pretender retomar sua atividade sexual, você pode fazer os exercícios Labirinto, para fortalecer os músculos da região perineal, que além de evitar os problemas de incontinência urinária.


2.- Amamentar



O simples fato de amamentar, requer de 600 a 800 calorias por dia, mesmo que esteja em uma posição confortável e relaxada. Por esse motivo, algumas mulheres podem perder grande parte de sua gordura corporal. Não obstante, há que considerar que, uma vez que o bebê deixe de amamantarse, as demandas energéticas vão debater e será necessário reajustar a dieta, diminuindo a quantidade de calorias e aumentando o exercício.


3.- Musculação para Ganhar massa muscular e Força



O levantamento de peso é um excelente meio para acelerar o metabolismo, graças ao aumento muscular que desenvolve. Em vez de ir ao ginásio, pode contratar um personal trainer, certificado em treinamento pré e pós-natal, durante algumas semanas para fazer seu treinamento.


4.- Avaliar a Quantidade de Calorias e da Gordura


Rejeita os produtos com calorias vazias como refrigerantes e batatas fritas, e evite as dietas da moda que eliminam grupos inteiros de alimentos, uma vez que podem estar restringindo nutrientes importantes para você.


Escolha dietas variadas e ricas em nutrientes, com proteínas magras, como:



  • Lácteos e carnes baixos em gorduras.

  • Grãos inteiros.

  • Frutas e verduras frescas.

Os especialistas aconselham não começar uma dieta imediatamente após o parto, devido a que deve privilegiar o processo autoreparativo que está acontecendo em seu corpo.


É muito importante aumentar o consumo de frutas e verduras cruas, e repartir as refeições em várias refeições pequenas e freqüentes para manter os níveis de glicose e insulina constantes, evitando, assim, a fome excessiva e o acúmulo de gordura corporal.


Não há que exceder-se com os sucos, já que as futas contêm muitas calorias e todo o aporte de vitamina C que você precisa é de um pequeno copo de suco de laranja por dia. Em caso de que tenha sede, é melhor tomar água pura e fresca (1, 2).


Se quiser saber mais de uma dieta para perder peso após a gravidez clique aqui.


5.- Tirar Sonecas


Verificou-Se que dormir ajuda a perder peso, porque você não tem a necessidade de comer grandes quantidades de alimentos, especialmente os açucarados que te dão energia extra.


Há que se considerar que a mudança de ciclos de sono-vigília, dada a atenção para o bebê, pode provocar alterações no metabolismo e dificulta a perda de peso depois do parto. Assim, quando o bebê tira uma soneca, é o momento ideal para que o faça, você também, melhorando seus níveis de energia e alerta.


Não há que esquecer que o estresse pode fazer com que não tenha uma boa noite de sono, elevando os níveis de cortisol, que estimulam a tendência a acumular gordura na região abdominal.


6.- Comer Lanches Saudáveis


O excesso de açúcar ou carboidratos simples pode elevar a glicemia e a insulina, causando um apetite renovado de mais guloseimas e reproduzindo o ciclo, fazendo aumentar de peso.


Para não cair nas tentações, há que manter afastadas as guloseimas açucaradas, mercado a favor por alimentos saudáveis e de elevado valor nutritivo.


Há que dispor de lácteos e seus derivados baixos em gorduras, pois vários estudos têm demonstrado que o cálcio colabora com a perda de peso, por meio do fechamento de um hormônio que favorece o acúmulo de gordura corporal.


Outros grandes aliados da saciedade, da regularização do apetite e a energia, são os lanches ricos em fibras, como figos, passas e biscoitos de trigo integral.


7.- Conectar-Se Com Outras Mães


Fazer causa comum para a prática de exercício físico regular com outras mães, vai fazer você se sentir apoiada e apreciar a companhia e incentivo adicional (3, 4, 5, 6, 7).


Um pouco de conversa amigável ajuda a relaxar, compartilhar dados e tornar mais suportável a rotina diária.


A adaptação gradual mãe-filho, gerar um conhecimento recíproco que redundará em maior tranquilidade e organização do trabalho diário, que lhe permite dispor de seus tempos, sem negligenciar o bebê e fazer uns minutos de atividade física para relaxar e melhorar a figura.


Partilha conosco todas as suas dúvidas, estamos muito felizes de nos andes.


Que você tenha um excelente dia.

6 Frutas ideais para perder peso

As melhores frutas, o ideal para perder peso, são a toranja ou toranja, limão, melancia, abacaxi, maçã, pêra, que por suas propriedades, trazem muitos benefícios ao organismo, acrescentar a alimentação será um grande aliado para ser capaz de perder peso de forma natural.


Já é conhecido que o consumo de frutas é indispensável para obter nutrientes que o organismo necessita para funcionar bem, e além disso, se você planeja ou se está seguindo um plano para perder peso, este é o segredo para conseguir isso, no entanto, há que escolher as frutas que, por seu conteúdo, nutrientes e baixo aporte calórico, serão ideais para adicioná-las à dieta.


Todas as frutas proporcionam nutrientes, mas variam na quantidade de calorias, e algumas são mais ricas em carboidratos, por isso, aqui, sugerem-se as frutas certas, que por seu valor nutricional são as ideais para poder consumi-las em um plano ou uma dieta para perda de peso.


Veja também:


1.- Maçã:


A maçã é uma das frutas favoritas para consumir, não só para usá-la como aliada para perder peso, mas também pelo seu rico valor nutricional, que traz múltiplos benefícios para o bem-estar geral do organismo. Nutricionalmente falando, as maçãs são baixas em calorias, gordura, sódio, são uma boa fonte de vitaminas como a vitamina A, complexo B, vitamina C, vitamina E, minerais: cálcio, ferro, magnésio, fósforo, potássio, zinco.


Além disso, é rica em pectinas que agem como uma fibra solúvel, ajudando a manter o corpo saciado, mantendo-o satisfeito por mais tempo. Consumir esta fruta tem vários benefícios para o organismo, isso ajuda a manter os níveis de colesterol baixos, melhora e mantém o trânsito intestinal, ajuda a desintoxicar o organismo, os benefícios que ajudarão para poder perder peso. Aconselha-Se consumir a maçã diariamente, e, se possível, com casca, onde se concentram nutrientes e fibras. Você pode consumir, por si só, ou adicioná-lo como ingrediente em smoothies, saladas.


Veja também:


frutas ideais para perder peso-maçã


2.- Toranja ou grapefruit:


A toranja é uma das frutas mais populares, os especialistas recomendam um plano alimentar para perder peso, isso por suas propriedades para poder apoiar a perda de peso de forma natural.


Dentro dos benefícios que se destacam para poder conseguir isso são: evitar a retenção de líquidos, depurar e desintoxicar o organismo, é uma boa fonte de antioxidantes, baixa em açúcares, melhora o metabolismo, protege o organismo de desenvolver doenças cardiovasculares, já que ajuda a manter os níveis de colesterol e triglicérides estiverem baixos. São-lhe atribuídas propriedades para poder queimar e dissolver a gordura. Aconselha-Se consumir uma peça por dia.


frutas ideais para perder peso-toranja


3.- Pêra:


Dentro da lista que compõem as frutas ideais para perder peso, não pode faltar a pêra, outra das frutas ricas em nutrientes, propriedades e benefícios que ajudam a perder peso, juntamente com uma dieta adequada, apesar, de que, pelo seu sabor doce, aporte de carboidratos acredita-se que não é a ideal para adicioná-las à dieta, é tudo o contrário, a pera é uma das frutas mais ricas em fibra, e seu principal componente é a água, além disso contribui com minerais, como: cálcio, fósforo, magnésio, potássio e fornece vitaminas do complexo B, vitamina C, vitamina A, e é uma boa fonte de antioxidantes (carotenóides).


Os benefícios que traz para poder emagrecer, é para limpar ou desintoxicar o organismo, é diurética, ajuda a reduzir os níveis de triglicerídeos e colesterol, entre muitos mais. Portanto, é recomendável adicioná-lo à alimentação diária, seja consumida por si só, ou adicioná-la à saladas.


frutas ideais para perder peso-pêra


As frutas são alimentos que devem ser consumidos em uma dieta diária, pois proporcionam nutrientes essenciais, fibras, água, poucas calorias, e ingerirlas é de grande apoio para poder perder peso de forma saudável, têm um efeito saciante, por que as frutas são ideais para ser consumida durante um regime ou dieta de emagrecimento.


4.- Abacaxi:


O abacaxi é uma das frutas ideais para poder potenciar a perda de peso, principalmente em época de calor, o seu sabor não só refrescará, mas que, além disso, esta fruta é diurética, sacia a fome, por isso seu teor de água, pela sua riqueza em fibra, que funciona como um laxante natural, o que será de utilidade para limpar de impurezas ao organismo, desintoxicándolo, e melhorando o trânsito intestinal, em caso de prisão de ventre, pode ajudar. Ajuda a manter níveis adequados de colesterol, triglicéridos, pressão arterial. Pode ser consumido de diversas maneiras em sumos, batidos, como snack, gelatina, água, frutas, etc.


Veja também:



5.- Limão:


O limão é uma das frutas ideais para poder alcançar o objetivo de um peso ideal, além de ser uma das mais populares ao ser usado para este propósito. Seu conteúdo é muito rico em água, Vitamina C, fibra, minerais e, além disso, é muito baixo em calorias. Sua versatilidade é única, por isso que se pode usar de diversas maneiras, existem muitas formas usadas como remédios para poder ser usado, já seja em jejum, com água morna, isso para poder potenciar o seu efeito. Dentre os principais benefícios que traz ao organismo são: eliminar toxinas, melhorar e facilitar a digestão, melhora o metabolismo das gorduras, da função hepática, etc., aconselha-se consumir em sumo, ingerido com água, em jejum.



Veja também: Dieta do limão


A Organização Mundial da Saúde (OMS), sugere que, dentro de uma alimentação equilibrada, deve estar o consumo de frutas, seja para que o objetivo seja perder peso ou manter um peso saudável, recomenda-se que estas estejam sempre apresenta na dieta diária. O benefícios que se podem desfrutar é o de prevenir o desenvolvimento de doenças, prisão de ventre, envelhecimento precoce, etc.


6.- Melancia:


A melancia é única pelo seu sabor fresco e doce, mas consumi-la ajudá-lo a que se possa perder peso. É uma das frutas mais ricas em água, antioxidantes, e baixo teor de calorias. Dentro de suas principais propriedades e benefícios estão, que é diurética, depura o organismo, desintoxica, e é uma boa fonte de fibra. Por isso que a faz ser uma das frutas frescas e ideais para poder emagrecer. Aconselha-Se consumi-la fresca



Esta lista de frutas podem ser consumidos juntamente com uma dieta adequada baixa em calorias, exercício e hidratação adequada para poder perder peso de forma saudável.

6 Formas de acelerar o seu metabolismo para perder peso

O ganho, perda ou manutenção do peso corporal é algo que depende de vários fatores, mas basicamente podemos resumir a um equilíbrio entre o que entra (as calorias ingeridas) e o que o nosso corpo gasta (metabolismo).


Se ingerimos mais calorias do que as que o corpo gasta, ganhamos peso. Se você ingere menos calorias do que as que o corpo gasta descemos do peso e, se o equilíbrio é neutro, o mantemos.


O ponto é que a maioria das vezes a equação, por levantá-la de um modo simples, se faz nesses termos, mas temos outras opções.


Como acelerar o seu metabolismo para perder pesoSe o nosso corpo gasta mais do que o habitual e comemos as mesmas calorias, vamos perder peso de todas as formas.


Claro que depende de quanto seja esse aumento da despesa, para poder prever quanto será que a perda de peso.


Se juntarmos todos os conceitos, ou seja, descemos as calorias e gastamos mais energia, a perda de peso será ainda mais significativa.


Por exemplo, se consumimos cerca de 400 calorias a menos por dia (algo muito fácil ou muito difícil, de acordo com o que estamos comendo, mas é um número razoável) e gastamos 400 calorias a mais com exercícios, isso implica que a cada dia teremos um balanço de -800 calorias. Em uma semana, isso implica a perda de um quilo de peso.


Claro que estamos falando de cifras modestas, por isso, pode ser muito mais eficiente ainda.


Veja também:


A forma de reduzir a entrada de calorias é com uma dieta adequada. Igualmente, é importante destacar que não basta contar calorias, mas avaliar a qualidade. Uma quantidade adequada de fibras, por exemplo, nos vão ajudar muito neste sentido.


Para aumentar o gasto calórico, acelerando o metabolismo temos vários conselhos, que podemos adequar nossos gostos e opções pessoais. Vejamos os mais interessantes, tentando cobrir todas as possibilidades pessoais.


1. Fazer exercícios com regularidade.


Quando elevamos um regime de exercícios, tendemos a contar quantas calorias são consumidas nessa rotina.


No entanto, se fizermos esse exercício de forma regular, pelo menos 3 vezes por semana, por 40 minutos, o metabolismo se acelera.


Não apenas devemos ter em conta que o consumo do momento de fazer o exercício, mas devemos ter em conta que, ao deixar de ser sedentários, teremos um consumo de energia muito maior, todos os dias.


O exercício pode ser uma simples caminhada de 40 minutos, mas deve se sustentar no tempo, com uma regularidade de 3 vezes por semana, não é necessário fazer rotinas muito complicadas para chegar a este resultado. Claro que se fazer exercício de forma regular e, além disso, é de alto consumo, melhor ainda.


A base para isto é que se cria músculo, o que requer muito mais energia para sua manutenção e o tecido gorduroso.


Quanto maior é a percentagem de massa muscular e menor de gordura no nosso corpo, mais acelerado será seu metabolismo.


Antes de começar a fazer exercício, especialmente se há muito tempo que não fazemos esportes, é fundamental consultar o médico para que se descarte a existência de algum problema que deve ser corrigido antes de começar com as rotinas.


exercício para queimar calorias


2. Alterar a intensidade do exercício, enquanto se realiza.


Quando estamos em uma rotina de exercício, algo que acelera especialmente o metabolismo é aumentar a intensidade do mesmo por 30 segundos e, em seguida, retomar e ir alternando a cada tanto, estas acelerações. Foi demonstrado que o consumo calórico de qualquer rotina é muito maior se você seguir esta regra, mas, sobretudo, o metabolismo basal permanece muito mais alto.


Isto pode ser aplicado a qualquer tipo de exercício, seja qual for.


Se se trata de uma caminhada, como é o exemplo que vimos assistindo, durante 30 segundos podemos correr ou, pelo menos, para acelerar muito muito (mas muito bem) o passo. Deve aumentar o ritmo cardíaco em forma apreciável. Como temos destacado no item anterior, é fundamental consultar o médico antes de iniciar qualquer sistema de exercício.


exercícios


3. Os intervalos do exercício são tão importantes como o exercício mesmo.


Se fizermos rotinas muito intensas, não podemos ultrapassar as três ou quatro vezes por semana. O músculo precisa se recompor e desses intervalos aumentam a eficiência.


4. Café da manhã saudável e em quantidade suficiente.


O pequeno-almoço é uma refeição muito importante e tem sido demonstrado que um café da manhã adequado acelera o metabolismo. Em um bom café da manhã deve ser tomado em conta uma importante quantidade de fibras (frutas e cereais integrais) e proteína. Devem-Se evitar os cereais muito processados.


Os hidratos de carbono não devem constituir uma ampla base de nossa pirâmide nutricional, especialmente se levarmos em conta os muito processados. De forma contrária, o jantar é uma refeição leve, já que o consumo de energia, em seguida, da mesma é muito baixo (durante o sonho de consumo de energia, mas muito pouco).


metabolismo


5. Tomar chá verde.


Foi demonstrado que esse maravilhoso você acelera o metabolismo, mas é importante ter em conta que para chegar a esse resultado, é necessário beber, pelo menos, 5 xícaras ao dia, algo não tão complicado se os fazemos como rotina. Essas 5 copos envolvem somente 90 calorias.


É interessante ver que, se apenas adicionamos o chá verde e deixamos a dieta e os exercícios, que você baixa algum peso, mas muito pouco. No entanto, se tomamos chá verde, descemos as calorias e aumentar o gasto, baixa muito mais de peso do que se só se faz tudo isso, mas sem o chá. Em outras palavras, potência muito o resultado das outras medidas para reduzir de peso.


Veja também:


Chá-Verde


6. Aumenta o consumo de proteínas, especialmente as baixas em gorduras.


As proteínas requerem muita energia para sua digestão, o que aumenta o metabolismo. Por outro lado, as proteínas proporcionam uma sensação de saciedade mais prolongada, pelo que se evitam as refeições desnecessárias entre as refeições principais.

5 Alimentos Para Perder Peso E Ficar Em Forma

Os melhores alimentos para perda de peso são: frutas, como a uva, mamão, melancia, vegetais como brócolis, alface, aipo, limão, leguminosas como feijão, soja, ovo, cereais como aveia, farelo, entre outros, que com a adição da alimentação diária, ajudá-lo como um grande aliado, para poderemagrecer de forma natural e saudável.


É fundamental manter uma alimentação equilibrada, prática de atividade física, beber água, e sem dúvida, adicionar alimentos para perda de peso, serão pautas, para poder estimular a perda de quilos, além disso, que é importante conhecê-los para poder ingerimos a partir de forma freqüente na dieta diária, cuidar e manter o peso adequado.


Não há dúvida, que a natureza por si mesma, dá alimentos como frutas, vegetais, plantas, algas, que podem fazer parte de nossa alimentação diária, e que, devido às propriedades com as que contam, ajudá-lo a conseguir isso de forma natural, além de que você pode desfrutar de muito bom gosto.


Os 5 alimentos são:


1.- Soja:


É um dos melhores alimentos, não só para estar saudável, mas também para nutrir, é rico em minerais, fornece quantidades exatas de carboidratos e proteínas. É uma ótima alternativa para substituir a carne, combinada com cereal. É baixa em gordura e calorias. Há uma grande variedade de produtos derivados da soja como: leite de soja, tofu, tempeh, miso, farinha de soja, que são facilmente encontrados em lojas de alimentos saudáveis.


2.- Aveia:


É um dos alimentospara perda de peso, que mais recomendam os especialistas, já que é rica em vitaminas, fibras, minerais, baixo teor de gordura, possui várias propriedades, como: ajudar a reduzir o colesterol, é diurética, laxante, fortalece os ossos, etc.


Veja também:


3.- Toranja:


é um dos cítricos, que não deve faltar em uma dieta para emagrecer, além de seu sabor único, o grapefruit ou toranja tem qualidades de queima de gordura, é purificação, diurética. Além disso, fornece antioxidantes, vitamina A, vitamina C. recomenda-se consumir uma toranja por dia.


4.- Ovo:


ironicamente, é um dos alimentos para perda de peso mais comuns, geralmente, acredita-se que seu consumo é prejudicial, mas este alimento é muito completo, fornece proteínas, e fará com que você sinta satisfeito, controlando melhor o apetite.


Veja também:


5.- Spirulina:


É uma das algas, que é considerado como um dos melhores alimentos para perda de peso, já que a espirulina conta com grandes propriedades para conseguir isso, conhecida como um redutor natural e custo adicional.


Veja também:


Outros chás de ervas e alimentos para perda de peso, que não devem faltar na dieta diária:


Entre muitos mais, que, se consumidos de forma frequente, é de aproveitar ao máximo todos os nutrientes e propriedades, dando resultados positivos para o organismo.


É importante compreender que embora a esta lista se possa denominar como alimentos para perda de peso, nenhum alimento por si só vai conseguir isso, é indispensável ter um estilo de vida saudável, e claro, adicionando estes alimentos, pode ser mais fácil o seu objetivo.


alimentos para perder peso-toranja

4 Sucos naturais que ajudam a perder peso

Uma das maneiras nutritivas e de ingerir bebidas, é por meio dos sumos naturais, seja de laranja, toranja ou toranja, de vegetais como aipo, nopal, alface, entre outros. O consumo de frutas e verduras frescas são um dos alimentos mais nutritivos que se podem incluir na alimentação.


Os sumos naturais são fáceis de assimilar e absorver e são uma excelente fonte de vitaminas, minerais e, em especial, contribuem com beta-caroteno, potássio, vitamina C, também fornecem água, na maioria das frutas é um dos componentes principais, que varia de 80 a 95%, não contêm gorduras (lipídios), têm as fibras, substâncias que o corpo precisa para funcionar bem.


Em geral, as frutas e legumes, possuem uma grande quantidade de nutrientes, antioxidantes, além de sabores e texturas que enriquecerão os sumos naturais e incorporados à dieta diária, trarão diversas propriedades benéficas para o organismo, sendo uma das alternativas mais saudáveis.


Veja também:


Independentemente das razões pelas quais se desejam ingerir estes sumos, seja para perder peso, isso por suas propriedades diuréticas (em especial estes são muito populares), ou seja, para depurar, desintoxicar o organismo, entre outras razões, é importante conhecer algumas opções que você pode incluir na dieta diária:


sucos naturais


1.Suco de laranja:


As laranjas proporcionam um elevado conteúdo de água, vitaminas A e C, fósforo, potássio, cálcio e magnésio. Recomenda-Se beber imediatamente que foi preparado, porque a vitamina C que contém, ao entrar em contato com o oxigênio perde suas qualidades, além de que é melhor comer pela manhã ou ao meio-dia, deve ser evitado à noite.


2. Sumo de toranja ou toranja:


A água é um de seus principais componentes, traz muito poucos hidratos de carbono, é uma fonte rica de vitaminas A e C, ácido fólico, flavonóides, potássio, magnésio, cálcio, fósforo, e uma quantidade significativa de fibra. É uma fruta antioxidante, diurética. Recomenda-Se tomar depois de se preparar e, além disso, o suco pode combinar-se com agrião, pêra, ou outro tipo de fruta.


3. Laranja, salsa e aipo:


Este suco é diurético, é rico em potássio, e, além disso, seu consumo ajuda a reduzir os níveis de ácido úrico e colesterol, tem propriedades laxantes, fornece fibra e nutrientes, isso devido ao alto valor animais não vacinados de seus ingredientes, você só precisa de ramos de salsa e ramos de aipo previamente lavadas e desinfectadas, e laranjas frescas.


4. Suco de cenoura:


É bem sabido que a cenoura contém um alto nível de nutrientes, entre eles encontra-se a vitamina a, beta-caroteno, entre outros, também fornece fibras, o consumo de esta verdura é essencial em uma alimentação balanceada, ingerido na forma de sucos naturais é uma ótima opção, duas sugestões de suco podem ser: suco de cenoura com raminhos de salsa e aipo (beber de imediato), também se pode preparar com duas folhas de espinafres frescos, estas alternativas podem beber regularmente e não são apenas usados para perda de peso, mas os benefícios que eles trazem.


Há uma grande variedade de formas, para preparar sucos naturais, frescos e nutritivos, é importante ter uma dieta balanceada e fazer uso destes como complemento ou aliado para a manutenção de uma boa saúde.

4 Formas De Perder Peso Rápido Com Uma Dieta Alta Em Proteínas

Quem devemos perder peso, estamos acostumados a experimentar todo o tipo de dietas. A partir de suprimir drasticamente os hidratos de carbono e reduzir a ingestão de gorduras, até eliminar completamente o açúcar ou de outros alimentos que têm a fama de nos fazer engordar. Muitas pessoas ainda não sabem que o grande aliado para perder peso são as proteínas. Isto não o digo eu, já que vários estudos confirmam que as dietas ricas em proteínas reduzem o risco de obesidade, diabetes e doenças cardíacas.


No entanto, a quantidade de proteínas que consumimos não é o único que importa. Também é necessário prestar atenção em que momento do dia você ingere e em que quantidades. Por último, deve-se considerar que as proteínas sejam de qualidade e de fácil digestão. Desta forma, aumenta o metabolismo e a sensação de saciedade, enquanto preserva a massa muscular e perder peso.


Os quatro dicas abaixo forneceu Heather Leidy, uma pesquisadora que realizou recentemente um estudo sobre o consumo de proteínas na Universidade de Missouri, a revista americana de nutrição clínica.


Pequeno-almoço ricos em proteínas


pequeno-almoço


A melhor maneira de começar o dia é consumir um café da manhã rico em proteínas (ovos, peixe, iogurte e alguns cortes de carne sem gordura). Este tipo de pequeno almoço é muito mais eficaz para perder peso que os pequeno-almoço ricos em hidratos de carbono.


Verificou-Se que as proteínas ajudam na sensação de saciedade se mantenha durante todo o dia. Isso pode reduzir a quantidade de petiscos e lanches que vírgulas.


Recomenda-Se uma quantidade aproximada de 30 gramas de proteínas no café da manhã. Uma xícara e meia de iogurte grego ou um omelette feito com quatro ovos, que farão o trabalho.


Em outras palavras, se apenas consumieras 30 gramas de proteínas em suas refeições, automaticamente estaria reduzindo a quantidade de dias que come entre as refeições. Além disso, você vai se sentir cheio e satisfeito durante todo o dia. É uma boa forma de controlar o apetite. Além disso, não terminará a comer grandes quantidades de alimentos cheios de hidratos de carbono a cada vez que sentir fome.


Comer menos no jantar


Se você acha que comer 30 gramas de proteínas no café da manhã é muito, então você deve planejar tudo com cuidado e reduzir a quantidade de proteínas no jantar. Assim será mais fácil de aumentar o pequeno-almoço e o almoço.


Para a maioria das pessoas a jantar é a refeição principal. No entanto, os nutricionistas recomendam, com base em vários estudos, que a ceia seja mais leve. O pequeno-almoço deve fornecer a maior quantidade de proteínas.


Uma boa opção para começar a mudar esta distribuição, é comer no café da manhã da fonte de proteínas que havia comido na noite anterior. Você pode acompanhar isto com um mexidos de ovos ou um iogurte grego. Desta forma você alcançará facilmente os 30 gramas recomendados. Mesmo se você sair um pouco mais cedo para se preparar, os benefícios que obterá vai valer a pena.


Adicione um pouco de proteína em todas as refeições


Na maioria das culturas, é maior o consumo de hidratos de carbonos de proteínas. Isso ocorre em cada refeição e, por conseguinte, diariamente.


A forma de calcular a quantidade de proteínas que devemos consumir é multiplicar o seu peso por 1,2. Por exemplo, uma pessoa que pesa 60 kg deve consumir 72 gramas de proteínas por dia para manter o peso que tem, ou cair um pouco.


O estudo mostrou que consumir proteínas nessa proporção, promove a perda de peso, particularmente de gordura, preservando o músculo. Mas não só deve chegar a essa quantidade de proteínas; ele deve dividir para consumir durante o dia.


Por exemplo, se continuarmos com o caso da pessoa que pesa 60 kg, deve consumir cerca de 30 gramas no café da manhã, 25 gramas no almoço e 17 gramas no jantar.


Outra opção é incorporar lanches altas em proteínas, como queijo, manteiga de amendoim ou peru.


Certificar-se que a proteína seja de qualidade


carne


Em um estudo realizado com idosos, no Brasil, descobriu-se que aqueles que seguiam dietas altas em proteínas, como a dieta de Atkins ou a dieta de South Beach, tendem a ganhar mais peso. Além disso, o risco de sofrer doenças cardiovasculares aumentou mais do que aqueles que seguiram outras dietas.


No entanto, acredita-se que há outros fatores, como a qualidade das proteínas, que condicionam estes resultados, além da quantidade consumida.


As proteínas diferem de acordo com a forma em que se produzem. As refeições com proteínas de qualidade (carne bovina, carne de porco, aves, peixe, ovos e produtos lácteos) contêm todos os aminoácidos que o corpo necessita. Além disso, são fáceis de digerir.


Por outro lado, a maioria das proteínas que se encontram em grãos e vegetais são de baixa qualidade. Isto deve-se a que lhes falta um ou mais aminoácidos essenciais para o corpo. Além disso, é mais difícil digerirlas.


Por isso, recomendam-se as proteínas de qualidade. Te permitirá construir músculos e perder peso. Além disso, manter um equilíbrio adequado de nutrientes.


As dietas ricas em proteínas são boas e benéficas para a maioria das pessoas. No entanto, alguns indivíduos com risco de doenças cardíacas, devem consultar com seu médico antes de mudar a sua dieta.


Sempre mantenha uma dieta equilibrada


Em nenhuma circunstância, as proteínas devem substituir outros grupos alimentares (gorduras e hidratos de carbono, por exemplo). Como assinalei anteriormente, é importante consultar com seu médico para avaliar que não ocorra nenhum efeito adverso.


Agora, lembre-se que é muito mais eficaz se o consumo de proteínas é dividido ao longo do dia. Lembre-se concentrar em o pequeno-almoço a maior quantidade. Finalmente, gostaríamos que você nos conte quais fontes de proteínas são as que mais consumimos, como divides a sua ingestão durante o dia e quais os resultados que você está obtendo.

24 Razões Pelas quais você Não Pode Perder Peso

Existe uma razão muito clara por que você não pode perder peso. Pode ser que seu plano de alimentação, ou a sua rotina de treino, não são os adequados para seus objetivos, ou que só você tem, por escrito, à espera que façam magia.


Para ver os resultados:



  • Você deve ter um plano adequado às suas capacidades físicas e objetivos.

  • Você deve segui-lo ao pé da letra.

O maior problema é quando saboteas seus planos, deixando-os de lado ou fazendo incorretamente. Mas não se preocupe, você sempre pode aprender com seus erros, errar faz parte do aprendizado. Uma vez que domina o processo, vai sem esforço, quase sem pensar, e obtendo os resultados esperados.


Neste artigo, você irá encontrar as 24 razões pelas quais você não pode perder peso e como você pode resolvê-los.


1. Você Não Está Dormindo O Suficiente

A maioria das pessoas não dormem o suficiente durante a noite e eles compensam tomando litros de café e bebidas energéticas.Quando falamos de realizar um plano de treino, você deve incluir um plano para dormir adequadamente, já que, para além do descanso, o organismo precisa do sono para produzir hormônios que ajudam a queimar gordura.Não importa se te faltam 15 minutos, meia ou duas horas, o fundamental é dormir oito horas completas.Dormir adequadamente diminuirá esses desejos noturnos, que só te colocam mais calorias. Além disso, te levantarás de melhor ânimo para realizar seus treinos com energia.

2. Você Não É Honesto Consigo Mesmo, Nem Com O Seu Trainer Ou Nutricionista


Um dos passos mais importantes para perder peso, é ser honesto consigo mesmo sobre:



  • Quanto você dorme.

  • Quais os alimentos que consumimos.

  • Quanta água tomadas.

  • Como você faz o seu treino.

Se você não é honesto consigo mesmo, será muito mais difícil ser honesto com seu trainer ou nutricionista, atrapalhando o seu progresso. Quanto mais rápido você aceita o que você está fazendo, mais rápido você vai perder gordura corporal.


Na maioria das vezes, os verdadeiros mudanças se dão fora do ginásio.


3. Não Fizer o Treino Corretamente, Nem Com Toda a Intenção



Antes de fazer os exercícios, você deve estar seguro de que a postura e a forma correta para fazê-los corretamente. Já que domina a postura e a forma, você poderá realizar todas as repetições necessárias, otimizando o seu tempo e reduzindo o risco de lesões. Certifique-se de não perder essa boa postura quando você termina de treinar e quando sair do ginásio.


Seu corpo e seus músculos funcionam por repetições, se você tem uma má postura em suas atividades cotidianas, vai custar mais trabalho mantê-lo em seus exercícios. Uma postura correta protege suas articulações de movimentos antinaturales e reduz o risco de lesões. Em contrapartida, uma má postura pode lesionarte, ainda sem ir ao ginásio.


4. Você Não É Fiel Aos Seus Objetivos


Para algumas pessoas é difícil seguir as mudanças de rotina, por questões de saúde. As mudanças podem levar algum tempo, pelo que não deve ser tão duro com você mesmo, já que só empeorarás o processo de adaptação de:



  • Comer adequadamente.

  • Manter-se hidratado.

  • Realizar atividade física regular.

  • Levar um estilo de vida saudável.

  • Dormir adequadamente.

Se por algum motivo você não pode fazer tudo ao pé da letra, faça as mudanças necessárias dentro de suas próprias limitações. Seu corpo e sua paz de espírito te agradecer.


5. Não Consumir Calorias Suficientes


Comer, Comer e continuar a comer, essa é a chave para obter o corpo que deseja. Muitas pessoas acreditam que comer menos, perdem mais peso e serão melhor, mas a realidade é outra. Consumir menos calorias faz com que seu corpo armazene mais gordura, consuma o músculo que você tem e torna mais lento o seu metabolismo.


Mas para que isso funcione, seus alimentos devem ser:



  • Integrais – ricos em fibras.

  • Ricos em proteínas de alto valor biológico.

  • Ricos em gorduras saudáveis.

  • Com carboidratos complexos.

  • De preferência orgânicos.

Se quiser saber quantas calorias deve consumir por dia, clique aqui.


6. Não Se Comprometem A Realizar As Alterações Necessárias


Existem momentos em que você terá que fazer mudanças na sua rotina para preparar alimentos e treinar. Você deve obter esse tempo extra como parte de seu compromisso para alcançar esse impacto positivo em sua saúde e sua aparência.


7. Consumir Muito Álcool



Não importa quantas horas lhe dedique ao ginásio para perder gordura e ganhar massa muscular, se de forma regular toma bebidas alcoólicas.


Estudos científicos têm demonstrado que o consumo do álcool diminui o desenvolvimento da massa muscular e enfraquecem suas articulações, aumentando o risco de lesões.


Além disso, o álcool contém as chamadas “calorias vazias” que não lhe oferecem nenhuma vitamina, minerais, fitonutrientes, proteínas de alto valor biológico, gorduras saudáveis, fibras ou carboidrato complexo. O único que lhe fornece são as calorias que farão gordura rapidamente.


A quantidade máxima de álcool é de uma a duas vezes por semana, mas o melhor é deixá-lo por completo.


8. Não Fizer O Treinamento Completo


Quando você pular uma repetição ou não fizer a sua rotina de treino completo, só perjudicas seus resultados. Os intervalos entre as repetições são tão necessários como terminar o treinamento completo.


Se você quer uma barriga lisa, umas pernas bem torneadas, umas pernas de inveja ou uma cintura definida, é necessário que você trabalhe todos os músculos do seu corpo. Tudo é uma questão de queimar gorduras e acelerar o metabolismo, e para isso necessita de maior massa muscular em geral.


9. Não declaras De Seus Atos e Faltas Para Outras Pessoas


Ser responsável por seus próprios atos (passados, presentes e futuros) irá ajudá-lo a tomar melhores decisões.


Aceitar a causa por que se você tem esse corpo, irá ajudá-lo a modificar o seu comportamento e apegarte para o seu novo estilo de vida. A mudança sempre começa a partir de dentro e os pensamentos têm um papel muito importante.


Se quiser ver os resultados, deixar de ser a vítima de sua saúde. Tomar cartas no assunto de forma construtiva e empodérate de seu corpo.


10. Não Quer Desenvolver Massa Muscular


O treino de peso é a melhor maneira para acelerar o seu metabolismo de forma eficiente, saudável e com resultados que irão ajudá-lo a manter o seu valor a longo prazo. Mas, além disso, para manter-se em forma, você deve fazer mais de dez repetições. Se você pode realizar suas repetições facilmente, é possível que você precise aumentar o peso.


Não é o mesmo que um quilo de gordura, um litro de água e um quilo de músculo. A massa muscular se faz ver muito mais magro e firme. Preste atenção à quantidade de massa magra (livre de gordura), você tem, se quiser melhorar a sua aparência e a sua saúde.


11. Não Consumir Proteínas De Alto Valor Biológico Depois de Treinar



As proteínas são vitais para desenvolver massa magra e perder peso, mas existem tipos diferentes e nem todas irão ajudá-lo. Quando falamos de barras de proteínas, batidos ou outros suplementos nutricionais, regularmente estão carregados de açúcares, alérgenos, sais e compostos químicos que afectam o seu sistema endócrino e prejudicam a sua perda de peso.


Antes de consumir suplementos de proteína, é aconselhável que leia atentamente as fontes de proteínas e aminoácidos que contêm. Outra opção mais simples é incluir proteínas de alto valor biológico, provenientes de:



  • Aves.

  • Peixes.

  • Carnes vermelhas.

  • Lácteos.

Lembre-se de incluir fontes de proteína vegetal, como:



  • Nozes.

  • Sementes.

  • Leguminosas.

12. Não Te Concentras Em Seus Objetivos De Treino


Usar um monitor de freqüência cardíaca para monitorizar o seu ritmo cardíaco, ajuda a otimizar seus treinos. Embora, muitas pessoas se concentram mais no ritmo cardíaco que em realizar seus treinos. Algumas razões são:



  • A banda do ritmo cardíaco é desconfortável.

  • Prestam mais atenção aos números do monitor.

  • Checan a hora continuamente para ver quanto falta para terminar o treino.

Ao final, não se concentram em posição nem as formas corretas dos exercícios, tornando muito mais lento o avanço.


Se você se distrair ou se desesperas facilmente, por estar treinando, evita o uso do monitor do ritmo cardíaco.


13. Você Quer Ter Tudo Sob Controle


Muitas pessoas não custa trabalho ceder o controle a seu trainer ou nutricionista, no momento de tomar as decisões para a sua saúde, como no caso de:



  • A dieta que está na moda.

  • Objetivos pouco realistas.

Na maioria dos casos, tentam todos os tipos de técnicas e recomendações que estão à sua volta, exceto as de seu plano personalizado de treinamento e alimentação.


Se você já está trabalhando com um treinador pessoal que está com um nutricionista, confia em si, são os especialistas. Lembre-se que seus planos são elaborados especificamente para si, de acordo com:



  • Idade.

  • O Peso.

  • Altura.

  • Género.

  • Estado físico.

  • Antecedentes clínicos.

Ao confiar neles, se entregar de uma carga importante de estresse.


14. Os Intervalos Entre Os Exercícios Estão Lhe Prejudicando


Evita os exercícios que exijam estar sentado ou deitado. Existem muitos que se podem dar melhores resultados se colocar de pé.


Ao estar sentado ou deitado, o seu corpo precisa de mais trabalho para elevar o ritmo cardíaco e o nível que você precisa para mudar a sua composição corporal, de forma significativa.


15. Não Se Hidratas Corretamente



O melhor que você pode consumir com seus suplementos nutricionais, antes, durante e após o treinamento, é água.


Estudos científicos têm demonstrado que, ao realizar exercícios de força, seu corpo se desidrata com facilidade. Isso aumenta a produção de hormônios do estresse e diminui em até 16% o desenvolvimento da massa muscular.


É necessário que consumas, pelo menos, um copo de água simples durante seus treinos e outro copo durante o resto do dia.


Lembre-se, isso é o mínimo, mas o ideal é que tome de 1 a 1,5 ml por cada quilocaloria que consome.


Se quiser saber quanta água você ocupa tomar ao dia clique aqui.


16. Sempre Fizer O Mesmo Treino


A chave para perder peso e melhorar a sua figura é trabalhar de forma inteligente, otimizando o tempo disponível. Para isso, é necessário que seus treinos sejam um desafio contínuo. Se você sempre fizer o mesmo treino, você chegará a um ponto onde não verás nenhum avanço, já que você deve ter se acostumado.


17. Deixar Que Suas Emoções Decidam por Ti


As pessoas têm uma ligação emocional com os alimentos que consomem, por isso que uma dieta deve ser mais do que uma contagem de calorias e comer muitos vegetais.


Consumir alimentos que te façam sentir-se bem, física e mentalmente, é um dos aspectos que irão ajudá-lo a seguir um plano de alimentação.


Se você tem problemas, eu recomendo que você pegue um diário onde escreve:



  • O horário de seus alimentos.

  • Que destruíste de todo.

  • Como se fez sentir.

Com isso será fácil encontrar conexões entre suas emoções e sua dieta para que você possa fazer os ajustes necessários.


Lembre-se, uma dieta adequada não deve fazer você se sentir mal, deve ser motivador e provar que se alimentar de forma saudável também é delicioso.


18. Você Faz Exercício, Sem Acompanhantes


Ter uma rede de apoio tem demonstrado ser uma das melhores formas para:



  • Melhorar o estilo de vida e perder peso.

  • Mudar os hábitos de alimentação.

  • Manter uma rotina regular de atividade física.

  • Dormir adequadamente.

Contar com o apoio de sua família ou de seu parceiro, é de muita ajuda. No entanto, se você não contar com o seu apoio, você pode encontrar novas amizades que se motivem em suas atividades.


Escolha amigos que possam acompanhá-lo em seus treinos, para que eles se motivem a continuar com um estilo de vida saudável.


19. Você É Muito Rigoroso Com Você Mesmo


Se você tem desejos ou não se tem vontade de realizar alguma atividade programada, não seja tão rigoroso. Melhor compénsalo com outras atividades, por exemplo:



  • Se você comer um doce, melhor acompanhado por com dois copos de água.

  • Se não for para ir ao ginásio, e então leva 10 minutos de cada hora para fazer burpees e saltos laterais.

20. Você acha Que Está Gordo, Quando Não é Assim


Marcá-lo é uma má idéia, porque nossas emoções estão ligadas ao que pensamos de nós mesmos. Quanto mais pense que está gordo, o mais difícil vai ser começar com mudanças significativas para perder gordura corporal.


Ao qualificar-se como obeso, você pode sabotar seus esforços a nível subconsciente, acreditando que não vale a pena o esforço e que você não vai conseguir o que você deseja.


Melhor se concentre em pequenas metas e realizações diárias.


21. Falas E Conversas, Em Vez de Treinar


Muitas pessoas vão à academia, sair para caminhar ou vão para os parques para conversar. Não desperdice o tempo falando pelo celular ou com as pessoas que te rodeiam. Esse tempo é para permitir, porque você tem um objetivo e um sonho para melhorar a sua figura.


Para ver os resultados, você deve se esforçar de princípio a fim, sem distrações.


22. Não Conta Com Um Plano De Treino Ou Alimentação



Muitos querem mudar o seu corpo, mas não têm planos de alimentação ou exercícios. Pensam que vão obter resultados a imitar outras pessoas, sem se darem conta de que os objetivos, os prazos, a condição física, a idade e a alimentação não são iguais.


A melhor maneira de alcançar os resultados é consultando especialistas e pesquisando fontes confiáveis.


23. Seus Treinamentos São Focados Apenas Uma Parte de Seu Corpo


Os exercícios que ajudam a queimar mais calorias são os que fazem todas as partes de seu corpo trabalhem juntas, como:



  • Lagartos.

  • Agachamento.

  • Passadas.

  • Burpees.

  • Natação.

A triste realidade é que fazer bicep, tricep e abdominais todo o dia, não ajudará a perder peso, eliminar gordura ou desaparecer as lojas.


24. Seus Objetivos Não São Realistas


Quando falamos de melhorar a sua figura, muitos querem ser como tal ou qual modelo. A primeira coisa que pensam é: “quero ver-me exatamente assim”, mas a realidade é como um balde de água fria, já que não possuem o tempo necessário para chegar a esses níveis.


As celebridades, artistas e modelos, investem todo o seu tempo para treinar e se alimentar de forma saudável, porque esse é o seu trabalho.


Seus objetivos devem ser realistas, de preferência com metas a curto, médio e longo prazo, o que irá ajudá-lo a mantê-lo motivado e seguir em frente.


Você Pode Fazer A Mudança


Mudar a sua aparência física, perder peso e gordura corporal, leva muito mais tempo, esforço e informações do que parece. Mas asesorándote com um profissional, você pode começar com esse estilo de vida que tanto deseja.


Compartilhe conosco as acções que lhe ajudaram a perda de peso ou as causas por que não você alcançou seus objetivos.


Divulgue com seus amigos esta valiosa informação.


Não se preocupe!

14 Coisas Para Fazer Se Não Conseguir Emagrecer

 


Ao começar um novo estilo de vida com uma dieta e atividade física, você pode perder vários quilos em poucos meses. Mas depois de um tempo, apesar de ser disciplinado, parece que a perda de peso foi preso. Este impasse é conhecido como planalto e é muito frustrante e desanimador.


Neste artigo, vou dar 14 dicas para que você possa romper com o planalto e continue no caminho em direção ao seu corpo sonhado.


1.-Diminui a Quantidade de Carboidratos



De acordo com as investigações, foi confirmado que as dietas baixas em hidratos de carbono são eficazes para perder peso. Uma revisão de treze estudos realizados, com seguimento de um ano, descobriu que as pessoas que consumiram um máximo de cinqüenta gramas de carboidratos por dia, perdiam mais peso do que as pessoas que seguiam dietas tradicionais.


Reduz a ingestão de carboidratos e verá como sais nesta fase de estagnação, aumentando a queima de gordura corporal e promovendo alterações metabólicas, que também diminuem o apetite.


2.- Aumenta a Freqüência ou a Intensidade do Exercício



Uma atividade física que, em princípio, era muito eficaz, com o passar dos meses, pode se transformar em rotina e deixar de funcionar.


Na medida em que baixas de peso, reduz-se progressivamente a sua taxa metabólica, o que torna extremamente difícil perder mais quilos. O bom é que foi demonstrado que o treinamento de resistência mantém e aumenta a massa muscular, o qual é um fator fundamental para a queima de calorias, durante e depois da atividade física.


De fato, o treinamento de resistência pode ser o exercício mais eficaz para a perda de peso.


Por outro lado, foi demonstrado que alguns exercícios protegem contra uma desaceleração da taxa metabólica, que incluem o exercício aérobico e o treinamento de alta intensidade intervalado(HIIT).


Se você já está fazendo exercício, aumenta a quantidade de tempo diária ou a intensidade para acelerar o seu metabolismo.


3.- Acompanhe o que Consumir


Às vezes, você pode sentir que você come pouco e não perder peso.


No entanto, foi descoberto que as pessoas subestimam a quantidade de alimentos que consomem.


Um grupo de pessoas que estavam a dieta, reportaram um consumo de 1200 calorias por dia, mas uma análise detalhada de sua ingestão calórica, por 14 dias, demonstrou que comiam quase o dobro. Portanto, eu recomendo que faça um acompanhamento detalhado de calorias e macronutrientes(proteínas, gorduras e hidratos de carbono) que você está consumindo, para que tenha a informação correta, que lhe permite fazer os ajustes necessários.


Além disso, a pesquisa sugere que manter um registro de sua alimentação, você pode melhorar seus resultados. Hoje em dia, existem sites na internet e aplicativos para o seu celular que te permitem manter um registro preciso de seus consumos.


MyFitnessPal: Prós E Contras Da Melhor App Para Contar As Suas Calorias


4.- Aumenta a Ingestão de Proteínas



Aumentar o consumo de proteínas, aumenta a queima de calorias de 20 a 30% (mais do dobro do que a gordura ou carboidratos).


Em um estudo realizado em mulheres saudáveis e jovens, que seguiram uma dieta com 30% de proteínas, aumentou a sua taxa metabólica, o dobro, em comparação com os que seguiram uma dieta com 15% de proteínas.


As proteínas também estimulam a produção de hormônios que:



  • Reduzem o apetite.

  • Aumentam a sensação de saciedade.

  • Evitam a perda de massa muscular.

  • Previnem a queda da taxa metabólica, o que ocorre por regimes hipocalóricos.

5.- Controle o seu Stress



O estresse é uma causa que, muitas vezes, impede a sua perda de peso. Além de provocar ânsias e produzir ansiedade, aumenta a produção de cortisol. Esta ‘hormônio do estresse”, em altas quantidades, pode aumentar o armazenamento de gordura na região abdominal (com um efeito mais forte sobre as mulheres).


De acordo com pesquisas, controlar o estresse contribui para a perda de peso. Em um programa de 34 mulheres com excesso de peso e obesidade, que controlavam o stress com relaxamento muscular e respiração profunda, perderam, em média, 4,4 kg em oito semanas.


6.- Tenta com o Jejum Intermitente


Fazer jejum tornou-se muito popular. São geralmente de 16 a 48 horas e prometem uma redução de peso corporal, com benefícios adicionais para a sua saúde.


De acordo com uma revisão de vários estudos, concluiu-se que esta prática conduz a uma perda de peso de 3% a 8%, e uma diminuição de 3% a 7% na circunferência da cintura, de 3 a 24 semanas.


Se você tem algum problema com o controle do açúcar no sangue, como pré-diabetes ou diabetes, não recomendo essa prática, já que pode produzir episódios de hipoglicemias que podem ser muito graves.



7.- Evite Tomar Álcool



Muitas vezes o álcool não é excluído das dietas de baixa caloria, mas a verdade é que é tão, ou mais calórico, que as bebidas açucaradas. Se você continuar tomando álcool, pode estar sabotar todos os seus esforços.


Uma bebida alcoólica contém cerca de 100 calorias e não fornece nenhum valor nutricional.


Outro problema do álcool, ao relaxar e desinhibirnos, é que nos faz comer compulsivamente. Um estudo realizado em 283 adultos, onde se reduziu a ingestão do álcool, mostrou uma diminuição do hábito de comer em excesso e uma maior perda de peso.


Além disso, as bebidas alcoólicas podem parar a queima de gordura e acumular na barriga.


8.- Ingere mais Fibras



Esta é uma boa técnica que te ajudará a romper com o planalto para continuar a descer de peso. A fibra solúvel se dissolve na água, o que diminui o trânsito dos alimentos e mantém a saciedade por mais tempo.


As pesquisas sugerem que todos os tipos de fibras ajudam a perder peso, no entanto, uma ampla revisão dos estudos mostrou que a fibra de viscose é mais eficaz.


A fibra diminui o número de calorias de outros alimentos. Segundo os pesquisadores, o aumento da ingestão diária de fibra de 18 a 36 gramas, o que poderia reduzir o consumo de 130 calorias em refeições mistas.


9.- Beba Água, Chá ou Café



Há estudos que demonstram que tomar meio litro de água pode aumentar o metabolismo de 24 a 30% durante 1,5 horas. De cada vez que contribui para um menor consumo de comida.


Em um estudo de 12 semanas, realizado em adultos que receberam uma porção de água antes das refeições, tiveram uma perda de 44% de seu peso, em comparação com o grupo que não tomou água.


O chá e o café contém uma quantidade significativa de cafeína, que de acordo com vários estudos, demonstrou ser eficaz para a queima de gordura e o aumento da taxa metabólica em 13%. Estes efeitos parecem ser mais fortes em indivíduos com um maior percentual de massa muscular. Em adição, o chá verde contém antioxidantes que podem aumentar a queima de gordura 17%.


10.- Divide a Ingestão de Proteínas durante o Dia


Não só é importante a quantidade de proteínas consumimos diariamente, mas também a sua distribuição. Dividir oferece várias vantagens, principalmente, aumenta o metabolismo através do efeito térmico dos alimentos.


Os especialistas recomendam consumir um mínimo de 20 a 30 gramas de proteínas em, pelo menos, três refeições do dia (somando um total de 60 a 90 gramas por dia).


11.- Dorme Bem



Dormir bem é muito importante para render bem, ter boa saúde mental, emocional e física.


Não dormir o suficiente ou ter desordem nos horários do sono, conduz a um aumento de peso, através de uma redução da taxa metabólica e a alteração dos níveis de hormônios que estimulam o apetite e o armazenamento de gorduras. Além disso, pode ser um fator condicionante em casos de perda de peso estagnada.


Um estudo em adultos saudáveis que dormem quatro horas por noite, durante cinco noites consecutivas, registrou uma redução média de 2,6% de sua taxa metabólica em repouso.


Para contribuir para a sua perda de peso e ter saúde boa, em geral, é importante um sono tranquilo e contínuo de 7 a 8 horas por noite.


12.- Mantenha-Se Ativo



O treinamento é um dos fatores mais importantes para a sua atividade física diária. No entanto, outro tipo de actividades também influenciam positivamente o total de calorias queimadas por dia. Por exemplo, sua taxa metabólica aumenta em resposta às suas perguntas, mudanças de postura e atividade física menor. Esses tipos de atividades são conhecidas como METs (metabolic equivalent of task) e incluem caminhadas de transporte, tomar banho, tarefas domésticas, andar de bicicleta, etc.


As investigações demonstraram que os METs podem ter um grande impacto em sua taxa metabólica.


Existem várias maneiras de aumentar a sua atividade, como ficar parado de sua cadeira, realizar atividades de limpeza, subir escadas, trabalhar de pé, arranjar o jardim, etc.


Lembre-se que isto é para complementar sua rotina de exercícios, os METs não substituem o treinamento.


13.- Come Legumes em Cada Refeição



As verduras e legumes são indispensáveis em qualquer regime hipercalórico. A maioria dos vegetais são baixos em calorias e hidratos de carbono, e contêm altas quantidades de fibras e nutrientes que beneficiam a sua saúde.


Alguns estudos concluíram que uma dieta baseada principalmente em vegetais, ocorre a maior perda de peso.


Ao adicionar um prato grande de saladas aos seus principais refeições, aumenta a sensação de que você teve um almoço ou jantar contundente, com a vantagem de que destruíste de todo, poucas calorias e uma elevada quantidade de fibras.


Preferir as verduras de folhas verdes.


14.- Não se Guíes apenas por Seu Peso


Monitorar os quilos que vai perdendo cada semana, é uma boa variável a considerar, mas não é a única. É importante que você saiba, que muitas vezes a escala de peso não reflete realmente o seu progresso, já que não distingue mudanças na composição corporal, como o aumento de massa muscular e perda de gordura.


Existem diversos fatores que influenciam o seu peso, como:



  • A retenção de água (principalmente nas mulheres, as alterações hormonais).

  • A hora do dia em que te pesos.

  • A quantidade de alimentos que estão em seu trato digestivo.

Continua a medir o seu peso na balança, mas também considera outros métodos para ver as mudanças em seu corpo:



  • Mede a sua composição corporal, com uma máquina de bioimpedância.

  • Toma medidas com a fita métrica.

  • Avalia se você tem alguma diminuição no tamanho de sua roupa.

Esperamos seus comentários ou perguntas.


Que você tenha um excelente dia.

14 Benefícios de beber água de limão todas as manhãs

Existem muitas receitas caseiras que funcionam muito bem e outras que são meros mitos. No caso da água de limão, que se bebe em jejum, o tempo mostrou que não só não é um mito, mas que os seus benefícios são muitos maiores do que a maioria das pessoas acreditam. O ponto é que você tem que ter muita perseverança, fazê-lo todas as manhãs, e em menos de um mês poderemos desfrutar dos benefícios de beber água de limão todas as manhãs, muito mais do que podíamos pensar.


Não há muitos segredos na forma de prepará-lo. Só devemos espremer um limão e complete o copo com água morna. É muito importante que a temperatura da água não seja fria, pois a água morna se produz um estímulo muito diferente com a água fria.


Não se pode usar suco de limão embalagem, já que não tem as mesmas propriedades, pelo que não se podem obter todos os benefícios. Outro dado que poucos lembram é que, por qualquer motivo, deve-se acompanhar de algum adoçante, que assim seja natural. Vejamos agora porque nos convém adoptar este hábito como algo diário.


Veja também:


14 benefícios de beber água de limão em jejum


1. Hidrata.


Algo que sempre é negligenciado é a correta hidratação. Se bem que todos nós sabemos que é importante beber 8 copos de água por dia, nem sempre o fazemos.


Se incorporamos o hábito de beber água de limão em jejum, já cumprimos uma parte dessa cota diária necessária.


Tomar água, a melhor medida contra a desidratação


2. Normaliza o trânsito intestinal.


Quando descrevemos como preparar a água de limão deixamos claro que era importante que a temperatura da água esteja morna. Água morna por si mesma, estimula o peristaltismo (movimentos intestinais), que combate o tão irritante prisão de ventre. Quando o trânsito intestinal é diário, por outro lado, não se acumulam toxinas que prejudicam a saúde. Quando se tem um trânsito intestinal normal, por outro lado, diminui em muito o risco de desenvolver algumas formas de câncer do aparelho digestivo.



3. Colabora no tratamento de infecções do trato urinário.


Isso ocorre por dois motivos: por um lado é antibacteriano e por outra parte alcaliniza a urina, ambas as coisas colaboram em muito a prevenir e combater essas infecções. Isso se, o tratamento das mesmas, uma vez que se demonstrou a sua existência (e não para a mera suspeita) deve ser sempre orientado por um médico, que vai indicar o antibiótico adequado.


4. Colabora na perda de peso.


Isso acontece igual que no caso anterior por mais de um mecanismo. Por um lado, ao facilitar o trânsito intestinal e a mantê-lo mais ativo, eliminam toxinas e impede a absorção de substâncias indesejáveis. Se bem que não é perda de peso, especificamente, o não ter o abdômen inchado como ocorre com o trânsito lento, dá a sensação de maior dimensão. O copo de água de limão em jejum dá uma certa sensação de saciedade e evita que se ingieran outros alimentos com alto teor calórico. De fato, ao não consumir nem com açúcar ou com adoçantes de nenhuma classe, o valor calórico é muito baixo.



5. Combate o mau hálito.


O hálito desagradável ou halitose se deve à proliferação de certas bactérias dentro da boca. Um ponto fundamental a compreender é que essas bactérias não proliferam somente na superfície dos dentes e gengivas, mas também o fazem em toda a boca (língua, carillos, etc.). O limão tem substâncias antibacterianas, por isso que quando bebemos água de limão ajudamos a combater essas bactérias responsáveis pelo mau hálito. Isso se, depois de beber a água de limão é importante enxaguar a boca, já que o ácido do suco, pode ser um pouco agressivo para o esmalte dos dentes. Como conceito, devemos nos lembrar de escovar os dentes depois de cada refeição, usar fio dental para completar essa higiene, e visitar o dentista duas vezes ao ano para que realize uma limpeza mais profunda.



6. Colabora com o bom funcionamento de nosso sistema imunológico.


O limão é um fruto particularmente rico em vitamina C, a qual é fundamental para o normal funcionamento do nosso sistema imunitário.


Para ter boas defesas, por isso, é muito importante manter uma quantidade diária de ingestão de vitamina C.


Um único limão, como o que vamos usar para preparar o suco todas as manhãs, nos traz a terceira parte das necessidades diárias desta vitamina. É claro que depende do tamanho do limão, mas com cuidado, duas colheres de sopa de suco fresco trazem a quarta parte das necessidades diárias.


Como um limão nos proporciona uma quantidade maior, vemos que facilmente chegamos ao ponto que precisamos cobrir. Em vez de gastar muito dinheiro em suplementos de vitamina C, o mais inteligente é usar a vitamina de forma direta, barato e natural.



7. Colabora com a boa saúde da pele.


Isso também ocorre o mesmo que no caso anterior, o teor de vitamina C. Esta vitamina é fundamental para a manutenção e síntese do colágeno, que é quem lhe dá firmeza e elasticidade à pele. Uma pele jovem e macia requer boas quantidades desta vitamina na dieta. Para quem tem problema de acne, a água de limão é muito bom tratamento. Claro que a água em si mesma, também é fundamental para manter uma boa hidratação da pele.



8. Alcaliniza o meio interno.


Há aqueles que argumentam que um ambiente interno de ácido favorece a génese de algumas doenças. Apesar de que o limão é ácido, quando entra no organismo tem a capacidade de alcalinizar o meio interno. Isso é um dado muito importante para aqueles que se apegam às dietas desta classe. Por outro lado, para que o sistema imunológico funcione adequadamente, o ambiente interno deve ser o mais alcalino possível (ou neutro).


9. Colabora com a recuperação do organismo após o exercício intenso.


Em vez de beber esses preparados tão caros que nos vendem para se recompor depois do exercício, o ideal é beber água de limão. Fornece água e minerais, algo que é fundamental nesse momento. Beber esta água em jejum, é muito importante para aqueles que fazem esporte, além de beber depois do exercício.


Nada mais chato do que uma dor de garganta. Seja por um resfriado, ou porque simplesmente sentimos a garganta irritada depois de ter cantado ou gritado muito, o ponto é que depois nos custa a partir de engolir até falar. Em todos os casos, é necessário consultar o seu médico para diagnosticar a necessidade ou não de tratamento ou estudos mais complexos, mas, enquanto isso, a água de limão é um grande alívio. Se a beber todos os dias, raramente vamos ter este tipo de desconforto.



11. Melhora a função cerebral


Dados os fantásticos componentes do limão. Em particular o potássio é um mineral muito importante para o normal funcionamento do nosso sistema nervoso.


12. Previne a gota.


A gota é um doloroso e irritante processo que se dá quando os cristais de ácido úrico se deposita nas articulações, em especial a do dedo maior do pé. O suco de limão impede que os valores de ácido úrico aumentam a limites perigosos para produzir este problema. É claro que de todas as formas, é fundamental manter uma dieta adequada para evitar essas subir, mas a água de limão todas as manhãs será uma grande preparação para o doloroso problema.


13. Contém antioxidantes.


Os antioxidantes são substâncias que combatem os radicais livres que se vão formando com o passar dos anos. Os temíveis radicais livres não são apenas responsáveis pelo envelhecimento, mas também de algumas doenças degenerativas dos tecidos, como são a maioria das doenças cardiovasculares adquiridas e o câncer. Receber quantidades suficientes de antioxidantes diariamente, não só nos mantém jovens, mas algo muito mais importante, mantém-nos saudáveis. O limão tem polifenóis, que são poderosos antioxidantes que beber diariamente um copo de água de limão melhora a nossa saúde.


14. Previne a formação de cálculos renais.


Para que se possam formar cálculos renais, os cristais devem poder formar-se e ser reunidas em um volume suficiente. Os cálculos renais podem não só ser muito dolorosos, mas que podem chegar a comprometer a saúde de cada rim, a sério. Evitar sua formação, portanto, não só é prevenir uma dor extremamente intenso, mas que é manter os rins funcionando normalmente. A água de limão, especialmente se a beber todas as manhãs, atua impedindo que se formem esses tão perigosos cálculos.


Conclusões


Beber água de limão em jejum a cada manhã traz todo o tipo de benefícios. Só muito poucas pessoas têm alergia ao limão, mas, nesses casos, devem evitar o consumo é claro. No entanto, há que ter em conta que se deve cuidar de forma global da saúde, mantendo sempre uma dieta adequada e a quantidade de exercício necessária.

13 Benefícios Surpreendentes do Café, Que irão Mudar Sua Vida

Esta carregado com antioxidantes e tem nutrientes que ajudam a melhorar a saúde.


Estes estudos demonstram que os consumidores de café têm um menor risco de contrair certas doenças.


Aqui você anexo 13 benefícios do café totalmente documentados, e que foi confirmado por estudos em humanos.


1.- O Café pode aumentar seus níveis de energia e torná-lo mais inteligente.


mulher-bebendo-cafeO café, na verdade, é muito saudável.


O café pode ajudar as pessoas a se sentir menos cansada eu aumentar os níveis de energia (1,2).


Isto se deve a que contém um estimulante chamado cafeína, que é a substância psicoativa mais consumida no mundo (3).


Depois de beber seu café, a cafeína é absorvida por seu fluxo sanguíneo. A partir daí viaja até chegar ao seu cérebro (4).


No cérebro, a cafeína bloqueia um neurotransmissor chamado Adenosina.


Quando este acontece, a quantidade de neurotransmissores como a dopamina e a noradrenalina aumentam, que levam a uma maior ativação de neurônios (5,6).


Muitos estudos controlados em humanos mostram que o melhor café da função cerebral em vários aspectos. Isso inclui melhorias na memória, no humor, no nosso estado de alerta, os níveis de energia, tempo de reação e a função cognitiva (7,8,9).


Em Conclusão: A cafeína bloqueia e inibe os neurotransmissores, o que leva a um efeito estimulante. Esse efeito melhora os níveis de energia, o humor e várias funções do cérebro.


2. O café pode ajudá-lo a perder peso.


copo-de-cafe-com-grãos


Você sabia que a cafeína é encontrada em quase todos os queimadores de gordura?


Esta é uma boa razão para…a cafeína é um dos poucas substâncias naturais que, na realidade, ajuda a queimar gordura.


Muitos estudos mostram que a cafeína pode acelerar a função metabólica em um 3 a 11% (10,11).


Outros estudos mostram que a cafeína pode aumentar a queima de gordura, até 10% em pessoas com obesidade e 29% em pessoas magras (12,13).


No entanto, estes efeitos vão desaparecer depois de consumí-lo por um longo período.


Em conclusão: Muitos estudos mostram que a cafeína pode aumentar a perda de peso e acelerar o metabolismo.


3. A cafeína pode aumentar drasticamente o desempenho Físico.


A cafeína estimula o sistema nervoso central, o qual envia sinais para as células de gordura para quebrar a gordura corporal (14,15).


Mas a cafeína também aumenta a epinefrina (Adrenalina) e os níveis de sangue (16,17).


Esta é a hormona de “luta ou fuga”, projetada para colocar nossos corpos prontos parabotão de punho movimentos físicos intensos.


A cafeína faz com que as células de gordura são quebradas em corpos de gordura, os libertando no sangue, como ácidos graxos livres, os quais podem ser utilizados como energia (18,19).


Devido a estes efeitos, não se surpreenda que a cafeína pode melhorar o seu desempenho físico em um 11 a 12%, em média (20,21).


Graças a isso, faz sentido tomar uma xícara de café, uma meia hora antes de ir ao ginásio.


Conclusão: A cafeína, aumentar os níveis de adrenalina e libera ácidos graxos dos tecidos adiposos. Estes ajudam-nos a melhorar nosso desempenho físico.


4. O café possui nutrientes essenciais


casal-feliz-bebendo-cafe


O café é mais do que apenas água preta. Muitos dos nutrientes dentro dos grãos do café, fazem uma bebida grandiosa.


Um único copo de café contém (22):



  • Riboflavina ( Vitamina B2): 11% da dose diária Recomendada (DDR)

  • Ácido Pantoténico (Vitamina B5): 6% da dose diária Recomendada (DDR)

  • Manganês e Potássio: 3% da dose diária Recomendada (DDR)

  • Magnésio e Niacina (B3): 2% da dose diária Recomendada (DDR)

Embora isso não pareça algo significativo, muitas pessoas bebem mais de um copo por dia. Se você beber 3 a 4 xícaras, tudo isso se soma e já é algo significativo.


Conclusão: O café contém muitos nutrientes importantes, incluindo a Riboflavina, ácido pantoténico, potássio, magnésio, manganês e niacina.


5. O café pode reduzir seu risco de diabetes tipo 2


medindo-açúcar-em-a-sangue


Como eu já mencionei várias vezes, a diabetes tipo 2 é um problema gigantesco, que afeta 300 milhões de pessoas em todo o mundo.


Por alguma razão, os consumidores de café reduzem significativamente o risco de desenvolver diabetes tipo 2.


Os estudos demonstram que as pessoas que bebem café têm de 23 a 55% menos risco de contrair a doença, um estudo mostra a redução de até 67% (23, 24, 25, 26, 27).


De acordo com uma análise de 18 estudos, com um total de 457,922 pessoas, por cada chávena de café consumida diariamente reduz em 7% o risco de contrair diabetes tipo 2 (28).


Conclusão: Existem estudos que mostram que os consumidores de café têm um menor risco de contrair diabetes tipo 2, uma doença que afeta 300 milhões de pessoas ao redor do mundo.


6. O café pode proteger contra a doença de Alzheimer ou de demência.


mulher-adulta-sorrindo


A doença de Alzheimer é a doença neurodegenerativa mais comum e a causa mais comum de demência no mundo.


Esta doença afeta pessoas acima de 65 anos.


Infelizmente, não existe cura para o mal de Alzheimer.


No entanto, existem maneiras de reduzir o risco desta doença.


Isto inclui ter uma boa alimentação, fazer exercícios, e o café pode ser muito eficaz para prevenir esta doença.


Muitos estudos mostram que os consumidores de café têm 65% menos risco de contrair a doença de Alzheimer (29, 30, 31).


Conclusão: Os consumidores de café têm menos risco de contrair a doença de Alzheimer é a causa mais comum de demência.


7. O café pode reduzir seu risco de doença de Parkinson


grãos-de-cafe-espalhados-aleatoriamente


A doença de Parkinson é a segunda doença neurodegenerativa mais comum, depois do mal de Alzheimer.


É causada pela morte dos neurônios que produzem dopamina no cérebro.


Como o mal de Alzheimer, não há cura para esta doença, ou que nos faz focar em como reduzir o risco.


Em alguns estudos, os consumidores de café têm um menor risco de desenvolver Parkinson, 32 a 60% (32, 33, 34, 35).


Neste caso, parece que a cafeína é a que causa esse efeito. As pessoas que bebem café descafeinado não reduzem o risco de doença de Parkinson (36, 37).


8. O café tem efeitos que protegem o fígado.


mulher-segurando-copo-de-cafe


O fígado é um órgão incrível, que desempenha muitas funções importantes dentro do corpo.


Existem Muitas doenças que afetam o fígado, incluindo hepatite, fígado gorduroso e outras.


Muitas destas doenças, conduzem à cirrose, onde o fígado é substituído por crostas.


O café pode proteger contra a cirrose. As pessoas que bebem entre 4 ou mais chávenas de café por dia têm um 80% menos risco de ter uma doença do fígado (38, 39, 40).


9. O café pode combater a depressão e te fazer feliz.


mulher-olhos-azuis-bebendo-cafe


A depressão é um transtorno mental grave que pode causar reduzir a sua qualidade de vida.


É incrivelmente comum e cerca de 4,1% da população tem depressão clínica (41).


Em um estudo realizado em Harvard, em 2011, as mulheres que bebiam 4 ou mais chávenas de café por dia tinham 20% menos de cair em depressão (42).


Outro estudo com 208,424 pessoas descobriu que as pessoas que bebem de 4 ou mais chávenas de café por dia têm 53% menos de cometer suicídio.(43)


10. Os consumidores de café têm um menor risco de câncer.


grãos-de-cafe


Câncer é outra das causas de morte e é caracterizada pelo crescimento descontrolado de células do corpo.


Aparentemente, o café pode ajudar a reduzir dois tipos de câncer… o de fígado e colo-rectal.


O câncer de fígado é a terceira causa de morte por cancro a nível mundial, enquanto que o câncer colorretal é o quarto (44).


Os estudos demonstram que os apreciadores de café têm 40% menos risco de câncer de fígado (45, 46).


Outro estudo feito em 489,706 pessoas descobriu que as pessoas que bebem entre 4 e 5 xícaras de café por dia têm 15% menos risco de contrair câncer colorretal (47).


11. O café não causa doenças do coração e pode reduzir o risco de um infarto cerebral.


doutora-beber-café


Sempre se disse que o café aumenta a pressão arterial


E isso é verdade, mas em um ponto baixo (3-4 mm/hg) e geralmente desaparece se bebe café regularmente (48, 49).


No entanto, muitas pessoas continuam com os efeitos, assim que toma em conta se você tem pressão alta (50, 51).


Uma vez mencionando estes fatores, os estudos não suportam os mitos de que o café aumenta o risco de uma doença do coração (52, 53).


De fato, existe evidência de que as mulheres que bebem café têm a reduzir as doenças do coração (54).


Outros estudos mostram que os consumidores de café reduz o risco em 20% de ter um infarto cerebral (55, 56).


12. O café pode ajudá-lo a viver mais tempo


café-da-filtro


Devido a que o café pode ajudar a prevenir algumas doenças, faz sentido que os consumidores de café vivam mais.


Existem estudos observacionais que mostram que os consumidores de café têm um menor risco de morte.


Em dois estudos amplos, os consumidores de café eram associados a 20% menos risco de morte em homens e 26% menos risco de morte em mulheres, em um período de 18-24 anos de teste (57).


Este efeito parece ser reforçada em pessoas com diabetes. Em um estudo realizado com diabéticos, aqueles diabéticos que bebiam café reduziu em 30% o risco de morte durante os 20 anos de estudo (58).


13. O café é a maior fonte de antioxidantes na dieta Ocidental


copo-de-cafe


Para as pessoas que têm uma dieta ocidental, o café pode ser uma fonte saudável para a nossa dieta.


Isto se deve a que tem muitos antioxidantes.


Em um estudo mostra que as pessoas obtêm mais antioxidantes do café, das frutas e vegetais combinados (59, 60, 61).


O café é uma das bebidas mais saudáveis do Planeta.